As vacinas são muitas vezes tidas como o bicho papão pelas crianças devido ao medo que provocam, mas a verdade é que há mesmo vacinação obrigatória para crianças e outra aconselhável. É natural que surjam dúvidas sobre que tipo de vacinação é realmente indespensável em crianças, por isso fizemos uma lista das vacinas essenciais presentes no Programa Nacional de Vacinação.

 

Mas afinal, o que é o Programa Nacional de Vacinação?

A vacinação é considerado o meio mais eficaz na prevenção de certas doenças, sendo que existem algumas essenciais.

O Programa Nacional de Vacinação (PNV), à responsabilidade  do Ministério da Saúde, é um programa nacional e gratuito que reúne todas as vacinas consideradas elementares para a proteção da saúde da população portuguesa.

Este programa tem como objetivos a redução de doenças infecciosas, redução do número de pessoas suscetíveis e, no limite, vacinar o maior número de utentes e obter imunidade.

É possível que o PNV seja alterado todos os anos consoante as necessidades , por isso pode atualizar-se das alterações no portal do Serviço Nacional de Saúde.

O programa integra as vacinas mais importantes para várias idades, mas muitas delas devem ser tomadas na infância.

 

Que vacinas são essenciais para crianças?

Algumas são dadas à nascença, outras mais tarde na infânica. Para que não restem dúvidas, fica uma lista das 10 vacinas mais importantes para crianças:

1. BCG – Esta é uma vacina que previne a tuberculose – doença infectocontagiosa transmitida através de saliva. É administrada à nascença e é constítuida por uma dose. É aconselhada apenas a crianças que pertencem a grupos ou comunidades com risco de doença.

2. VHB – A vacina que protege contra a Hepatite B é administrada em 3 doses: à nascença e aos  2 e 6 meses. Esta é uma doença que afeta o fígado e, no limite, pode originar cirrose ou cancro do fígado.

3. VIP – Esta vacina é administrada em 5 doses: aos 2, 4,  6 e 18 meses. A última dose deve ser tomada entre os 5 a 6 anos. A VIP protege contra a poliomielite, uma doença que afeta o sistema nervoso e pode, ni limite, causar paralisia permanente. Este é um vírus transmitido por água ou alimentos contaminados.

4. DTPa – Esta vacina protege contra a difteria (doença infecciosa que afeta a garganta) , o tétano (que provoca rigidez muscular e pode originar asfixia) e a tosse convulsa (doença que origina convulsões durante os acessos de tosse e vómitos, podendo causar complicações respiratórias e pneumonia). Deve ser tomada em 5 doses: aos 2, 4, 6 e 18 meses e depois entre os 5 e os 6 anos.

5. Td – Esta vacina, embora diferente da DTPa (principalmente por não proteger a tosse convulsa), tem uma ação protetora contra o tétano e a difteria. É administrada aos 10, 25, 45 e 65 anos de idade (depois desta idade de 10 em 10 anos).

6. HIB – Esta vacina deve ser administrada aos 2, 4, 6 e 18 meses, pois protege contra a bactéria hoemophilus influenzae tipo B , causadora de alguns tipos de meningite bacteriana e outras doenças pulmonares.

7. MenC – A MenC deve ser dada pelos 12 meses e protege a criança do meningococo, bactéria que pode provocar meningite.

8. HPV – Esta é uma vacina dirigida a crianças do sexo feminino e protege contra vírus causadores de cancro do colo do útero. Deve ser administrada em 2 doses com 6 meses de diferença, entre os 10 e 13 anos.

9. VASPR – A vacina que previne o aparecimento de sarampo, papeira (parotidite) e rubéola é constítuida por 2 doses: uma aos 15 meses e outra entre os 5 e os 6 anos de idade.

10. PN13 – Esta vacina, que defende a criança contra algumas infeções respiratórias, é administrada aos 2, 4 e 12 meses.

 

Onde devo vacinar os meus filhos e o que é preciso?

Todas as vacinas do PNV são gratuitas e podem ser administradas no seu centro de saúde ou ainda hospitais e outros serviços de saúde devidamente autorizados.

Para vacinar os seus filhos, basta que se dirija ao centro de saúde da sua área de residência com o boletim de vacinas atualizado. No entanto, se por qualquer motivo não poder ir ao seu centro normal, pode dirigir-se ao centro de saúde mais próximo.

É também no centro que se pode informar de efeitos secundários normais de algumas vacinas e como reagir a eles.

 

Se quiser saber mais sobre vacinação, pode consultar a nossa página de informação útil, ou colocar as suas dúvidas a outros utentes.

Responder

  1. Avatar
    Susanne Jansheden

    Senhor/Senhora

    Bom dia. O meu nome é Susanne Jansheden, sou sueca, mas vivo aqui em Albufeira com o meu marido. Vamos viajar para a Tailândia e precisamos vacinação de hepatite A e B. Podemos fazer isso de vocês ? Como fazemos isso?

    Obrigada

    1. Avatar
      Equipa Centros de Saude.pt Dono da Empresa

      Bom dia Susanne,

      Agradeço antes de mais o interesse no Centros de Saúde.pt

      No entanto, de momento, a plataforma funciona apenas como diretório que reune informações de centros de saúde em Portugal. Para pedidos de informação específicos, terá de entrar em contacto directo com o centro em questão.

      Pode procurar o centro mais perto de si aqui: https://www.centrosdesaude.pt/procurar/. Pode também ver mais sobre vacinação aqui: https://www.centrosdesaude.pt/vacinacao/

      Obrigada,

      Raquel Nascimento